Archive for the ‘Romântico’ Category


É isso aí gente, quem achou que a gente tinha morrido pode suspender o funeral, estamos voltando com um post sobre uma das mais controversas obras do cinema contemporâneo; quem assiste ou ama ou odeia, não existem meios termos quando se trata desse assunto.

Sebastian, assim como a maioria dos personagens do filme, faz parte da elite metropolitana de uma grande cidade norte-americana. Ele, bem como sua irmã, se diverte ao manipular a vida das pessoas, deixando-as em situações muito embaraçosas enquanto sai de fininho das suas vidas, uma vez que conseguiu o que desejava.

A história gira em torno de uma aposta feita com a irmã dele; ambos os lados apostaram alto no desempenho de Sebastian, e o resultado é surpreendente.

É um excelente filme para quem, como eu, gosta de personagens com profundidade psicológica, situações intrigantes e cenas provocantes.

Nota psicologia: 10

Eu tenho só uma palavra para descrever esse filme: FODA. Sim, este filme é fantástico, e eu curti bastante assistir ele. Esse filme é tão bom que até um certo psicólogo com mal gosto é capaz de dar nota 10.

Todo mundo deveria assistir esse filme. Simples assim.

Esse filme teve também uma sequência, que não chega aos pés dele em qualidade, mas é engraçado e eu também gostei.

Nota engenharia: 10

Anúncios

Esta é uma série britânica que ainda está sendo produzida depois do sucesso das três primeiras temporadas. Inclusive começou-se a fazer uma versão estadunidense da série Being Human. Eu deixei isso claro por um motivo: ninguém vai acreditar se eu contar como é a história.

É uma série sobre amizade e sobre vencer dificuldades. A série tem algumas cenas bem engraçadas, algumas mais sérias e outras inesperadas. Os diálogos são inteligentes e eu sempre fiquei curioso para ver o que acontecia no final, com uma trama muito bem montada.

A história é a seguinte: um vampiro e seu amigo lobisomem mudam-se para uma casa onde há um fantasma assombrando, que pessoas normais não enxergam e eles como seres especiais conseguem ver. Os três vivem juntos na casa e seus objetivos é apenas um, que é ser normal.

Sim, eu sei que parece lunático estranho, mas é uma série muito boa e que eu gostei muito, e agora espero sair a próxima temporada. Eu já falei dessa série para algumas pessoas e sempre me olharam com uma cara de que eu tinha decidido largar a engenharia para fazer psicologia, ou se eu tivesse contado que eu gostava de andar na rua com a cueca na cabeça. Claro que a primeira opção é muito mais louca.

Esta é uma ótima série que eu indico para todos.

Nota engenharia: 9

Noivado

Posted: 11/04/2011 in Drama, Romântico, Terror

Eu faço este post em homenagem ao meu amigo Guedes que ficou oficialmente noivo. Ficar noivo é como ficar no corredor da morte, um tempo de espera e agonia para no fim perder a vida huahuahuauhahuahu. Eu não aconselho noivado a ninguém. Na verdade não, eu aconselho a algumas pessoas sim, para aqueles casais chatos que um coloca catchup no lanche do outro (sim, eu já tive a infelicidade de presenciar isso), para aqueles casais que quando um está dirigindo o outro fica segurando a mão mesmo que no volante (também presenciei isso, se bem que um casal desse um acidente de carro resolveria e não seria necessária medida drástica como casamento). Se a pessoa quiser casar, tudo bem por mim, cada um estraga a vida como quer, mas a agonia do noivado complicada. É um tubarão em um chapéu engraçado, ou um leão pintado de palhaço, aparentemente é feliz ou bom, mas na verdade vai te devorar. Um cara que ficou noivo é como um urso malabarista, alguns dão risada (os amigos solteiros) e outros tem pena (os amigos casados), mas mesmo assim o coitado acha que está certo.

Guedes, você ainda tem esperanças. Leia o “Bro Code” do Barney Stinson. Não jogue sua vida fora. E não deixe sua noiva ler esse post também hauhuauhahuauhuhahua.

Nota engenharia: -10 (era o Guedes que queria notas mais baixas no blog)

 

cara, esse post vai claramente contra o Artigo 4.

 

Nota psicologia: omito, pois qualquer coisa que eu disser aqui pode ser e será usada contra mim mais tarde


Este é um filme estadunidense com Peter O’Toole e Audrey Hepburn. O filme conta a história da Nicole cujo pai é um falsificador de artes. Ela conhece Simon quando ele invade a casa dela para verificar se um quadro é verdadeiro ou falso. A história desenrola quando os dois planejam um roubo em um museu.

O filme é meio ingênuo e engraçadinho, mas vale a pena ver um filme da Audrey Hepburn. Não é muito o meu estilo de humor, mas conheço pessoas que acharam muito engraçado o filme.

How to Steal a Million é um bom passatempo mas não acrescenta muita coisa para quem assiste, mas mesmo assim eu recomendo.

Nota engenharia: 7

Karekano

Posted: 07/04/2011 in Anime, Comédia, Mangá, Romântico

Este anime conta a história de uma menina e um menino. Sim, um mela cueca uma comédia romântica. Ele conta sobre tudo que acontece entre os dois, em todos os clichês românticos possíveis, porém necessários em histórias de amor. No começo a briga, depois a afeição e no fim a superação dos problemas.

Não há muito mais do que falar deste anime, é comédia romântica, é cheia de clichês porém ainda vale a pena para quem gosta desse lero-lero.

Ponto a favor deste anime é a música “Yume no naka e” que toca no encerramento do anime. Ponto contra foi trocar essa música por outra na metade da série huahuahuahuahuauhhuahua.

Se eu fosse um psicólogo uma mulher daria nota mais alta, mas sou da engenharia…

Nota engenharia: 6

Karekano é legal pelas situações inusitadas e pelas personalidades dos personagens, além do que tirando um pouco de enrolação, tem umas situações engraçadas, uma trama inteligente e um pouco de romance na vida às vezes é bom…

Bom, gostaria de pedir ao nosso amigo engenheiro que não postasse enquanto não encontrasse uma pessoa do sexo feminino na sua sala de aula, mas acho que não suportaria escrever sozinho até o dia de são nunca.

Nota psicologia: 8